Negócio pouco claro do Sistema de Metro pode lesar Estado em 4.2 mil milhões de MT

A Companhia italiana Salcef Costruzioni Edili e Ferroviarie, SPA, processou o Estado moçambicano por ter cancelado o processo que iria culminar com a assinatura de contrato de concessão do projecto de desenvolvimento do Sistema de Transportes Integrado Maputo- Matola, em forma de parceria público-privada e pede uma indemnização de 100 milhões de Euros.

Leia o texto na íntegra