Entidades do Governo impedem a gestão transparente dos recursos do próprio Governo

293

A nota do IESE12 levanta um problema importante quanto ao Balanço Global de Caixa. O CIP apoia as investigações do IESE e está totalmente de acordo com o pronunciamento do Instituto quando este diz: “Contudo, quanto mais aprofundamos o assunto, mais convencidos ficamos que a análise sobre a fiscalidade e o endividamento público em Moçambique, dificilmente poderá ser entendida, como uma questão endógena às finanças e à economia nacional, se não prestarmos a devida atenção à complexa interdependência entre o défice orçamental, os saldos rolantes e o crescente recurso ao financiamento externo e interno.

Leia o texto na íntegra