Moçambique pode agora recusar pagar a dívida oculta, dizem os analistas, e ganharia com isso

Detenções e novas evidências de suborno mudaram totalmente a situação em torno da dívida oculta de US $ 2 bilhões. Os analistas dizem cada vez mais que Moçambique deveria simplesmente dizer que a dívida é ilegal e não será paga – e que houve benefícios significativos, em particular a melhoria das relações com o FMI.

Recapitulamos primeiro a história da dívida oculta. Em seguida, debruçamo-nos sobre o FMI e como Moçambique beneficiar-se-ia de uma recusa pública para pagar. Em terceiro, olhamos para o que os analistas estão a dizer. Finalmente, notamos que qualquer acção legal para fazer cumprir o pagamento da dívida ocorrerá no Tribunal Supremo de Londres e nós explicamos por que a posição mudou completamente desde que o Governo de Moçambique recebeu a assessoria legal dos advogados de Londres há vários anos.

Leia o texto na íntegra