Governo Deve Desistir da Reestruturação das Dívidas Ilegais da EMATUM e MAM

O Governo de Moçambique decidiu prosseguir com o processo de reestruturação das dívidas ilegais.

A renegociação da dívida da MAM (originalmente de 535 milhões de dólares) já está quase finalizada através de um acordo de princípios alcançado com o banco russo VTB.

Considerando as condições ilegais sob as quais as referidas dívidas foram contratadas, os comportamentos fraudulentos/corruptos e criminosos dos envolvidos (incluindo funcionários séniores moçambicanos e banqueiros internacionais) e o custo que o pagamento das dívidas representaria para o país, o CIP propõe que seja anulado qualquer plano de pagamento destas dívidas até serem esclarecidos todos os detalhes referentes à contratação das mesmas e à conclusão dos processos judiciais em curso, visando sancionar os criminosos.

Leia o comunicado na íntegra