DECLARAÇÃO DE PEMBA

As organizações da sociedade civil, Comissão Episcopal de Justiça e Paz (CEJP), a União Provincial dos Camponeses (UPC) de Cabo Delgado, o Departamento de Ética, Cidadania e Desenvolvimento da Universidade Católica (UCM), o Observatório do Meio Rural (OMR), o SEKELEKANI, o Centro de Integridade Pública (CIP) e Justiça Ambiental (JA) reuniram-se na Sala Magna da UCM- em Pemba, com outras organizações convidadas, membros do Governo Provincial e diversas individualidades para discutir sobre “Conflitualidade humana na exploração de recursos naturais na província de Cabo Delgado.”

Com base em 12 apresentações agrupadas em três painéis temáticos: (i) violência armada no norte de Cabo Delgado; (ii) exploração de recursos naturais e conflitualidade; e (iii) indústria extractiva e políticas públicas, o seminário trouxe muitas constatações e recomendações rumo a melhoria na governação de recursos naturais, cujo conteúdo é sumarizado através da Declaração de Pemba.

Leia o texto na íntegra