Presentes de luxo com dinheiro das dívidas: Mercedes-Benz, vinhos franceses, canetas caras…

Os milhões de dólares das dívidas ocultas que foram distribuídos pela Privinvest a figuras da elite política moçambicana, foram acompanhados de objectos de luxo, os preferidos das elites para a ostentação. No julgamento que decorre desde o dia 15 de Outubro em Brooklyn, Nova York, são revelados detalhes sórdidos de como presentes de luxo foram entregues por Jean Boustani à personalidades políticas moçambicanas para conseguir vender o projecto da protecção costeira, que foi a base para a contratação das dívidas ocultas.

Leia o texto na íntegra