Anticorrupção - Transparência - Integridade

Mesmo com a afirmação por parte do Banco Comercial e de Investimentos (BCI), em ofício datado de 8 de Novembro de 2017, no sentido de que esta instituição bancária não havia emitido nenhuma garantia a favor da empresa UNISTAR MEDICAL, LIMITADA, referente ao Concurso Público nº 30/FG/UGEA/MISAU/17, o Ministério da Saúde (MISAU) adjudicou, posteriormente, no dia 14 de Dezembro de 2017, o Concurso n.º G-123/WB/UGEA/MISAU/17 a favor da mesma empresa sobre a qual existiam suspeitas fundadas de falta de credibilidade, sem que tivessem terminado as “dèmarches” conducentes à confirmação da falsidade do documento apresentado. Trata-se de um acto flagrante de violação da legalidade nos concursos públicos e de claro favorecimento de uma empresa que não reúne os requisitos necessários para continuar a participar e a ser adjudicatária de concursos públicos, sem o cabal esclarecimento do caso de suspeita de falsificação da garantia em questão.

 

Leia o texto na íntegra

Procurar

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e esteja a par do nosso trabalho.

* indicates required

Quem esta online

Temos 51 visitantes e Nenhum membro online

Intranet CIP

agir logo  danida logo  ibp logo  nlands logo  norway logo  sdc logo  swe logo  ukaid logo ukaid logo