Governo hipotecou o bem-estar dos moçambicanos!

116

O Ministério de Economia e Finanças (MEF) informou aos moçambicanos e ao público em geral, no seu comunicado datado de 6 de Novembro de 2018, os moldes em que os pagamentos dos títulos de dívida da EMATUM (juros e capital) serão efectuados.
Neste documento, o Governo reforça a vontade de buscar alternativas dentro do Orçamento de Estado com suporte das receitas fiscais do gás natural.
O CIP opõe-se veementemente ao uso de recursos futuros do gás para pagar as dívidas ilegais porque tal uso representaria dupla perda para país nos seguintes termos: (i) onera uma geração inteira sob um peso insustentável de dívidas de USD 2,2 bilhões (aproximadamente 16% do PIB) que serviu à interesses ocultos , e (ii) “hipoteca” recursos do gás para pagar essas dívidas cujos benefícios nunca serão usufruídos pelos moçambicanos.

Leia o comunicado na íntegra