Partido Frelimo recebeu 10 milhões de dólares das dívidas ocultas

O partido FRELIMO foi implicado hoje em tribunal norte-americano como tendo recebido dinheiro das dívidas ocultas. Um agente do FBI apresentou ao júri documentos que comprovam que o partido Frelimo recebeu 10 milhões de dólares das dívidas ocultas nos meses de Março, Maio, Junho e Julho de 2014. Não é a primeira vez que o partido no poder é citado como beneficiário directo das dívidas ocultas e as provas apresentadas pelo agente do FBI são muito fortes: bordereaux de transferência contendo dados bancários, horas bancos domiciliários das contas. Em Moçambique, a Frelimo já foi mencionado em tribunal diversas vezes como beneficiários do dinheiro da corrupção. Uns dos casos recentes foi da Aeroportos de Moçambique em que o réu disse que parte do dinheiro desviado foi usado para reabilitar a escola do partido. No caso do INSS, Helena Taipo também disse que parte do dinheiro desviado foi para financiar a campanha da Frelimo.

O CIP passa a acompanhar o julgamento das dívidas ocultas nos EUA, através de um pesquisador presente em tribunal. De hoje em diante passaremos a partilhar detalhes do julgamento do maior escândalo financeiro do país e da África. O acompanhamento do julgamento das dívidas ocultas é parte do trabalho do CIP de combate à corrupção através da exposição de má-conduta dos servidores públicos e de conscientização do cidadão através de advocacia baseada em evidências.

Leia o texto na íntegra